Quando eu emagreci 40 kg… PARTE II

O que aconteceu?

Cheguei ao ano de 2009 com mais de 100 kg. Digo mais porque não sei precisar o número ou a data, simplesmente porque me recusava a subir na balança. Em fevereiro aconteceu uma grande ruptura na minha vida. Logo depois a primeira coisa a mudar foi meu apetite. Ele diminuiu muito. Não fiquei com aversão a comida, sabia que tinha que me alimentar, mas comecei a fazer isso de uma maneira mais racional. Comecei a conseguir ignorar os impulsos e comer por fome. A comida não era mais tão importante. Eu era. Então inclui no meu cotidiano muitas frutas e verduras. Não cortei nenhum alimento, diminui as quantidades. Não tinha um cardápio planejado, nem listas, mas passei a prestar muita atenção ao que consumia e isso por si fez uma grande diferença. E sem as dietas, que sempre aumentaram minha ansiedade, sem métodos  ou receitas mirabolantes, apenas uma decisão interna tranquila, mas muito profunda, eu comecei a emagrecer.

Porém o que me levou a engordar tanto não é nenhum enigma:  infelicidade. Não que eu nunca tivesse tido problema com peso antes. Tive sim! Minha vida inteira. Mas variar de medidas não é a tragédia. A questão é o quanto se importa com isso e o quanto não se importa. Explico: Existe uma equação em cada um, uma parte dela é feita das coisas que nos incomodam em nós mesmos e a outra é feita da nossa disposição em mudar o que nos incomoda. Esses dois lados têm que ser proporcionais, ou seja, quanto mais me chateia alguma coisa em mim, maior tem que ser minha vontade de ficar diferente. No momento em que essa ou aquela característica se torna uma grande dificuldade e eu não tenho o menor desejo de mudá-la, tenho um grande problema.

E foi o que aconteceu comigo. O excesso de peso dava uma insatisfação monstruosa, mas ao mesmo tempo eu não queria que isso ficasse diferente. Por quê? As respostas são muitas, mas acho que a principal seria: eu não estava satisfeita com a vida que tinha, mas não tinha coragem de deixá-la, por isso preferia não ter asas. Geralmente quem tem asa voa, não é? Então era melhor ficar bem presa ao chão.

E aí a vida resolveu agir. Muitas vezes quando não temos coragem de ter a atitude que precisamos, ela toma por nós.  Fui arrancada daquele cantinho confortavelmente infeliz onde estava (no meu caso, um casamento) e daí pra frente tive que dar conta do que incomodava em mim. E as coisas mudaram… Não foi do dia para noite, nem foi nenhum passeio no parque. Foi demorado e doloroso. Mas o  autoconhecimento é sempre uma viagem difícil.

A boa notícia é que compensa com tanta intensidade que é complicado descrever.  É quando se sente que dentro de si alguma coisa desmoronou e abriu lugar para um caminho novo. Chegar a essa descoberta e abraçá-la requer usar toda coragem e toda a força de dentro de nós, mas, no final, encontrar compaixão suficiente para me resgatar foi um dos momentos de solidariedade mais doces que já vivi.

About these ads
Esse post foi publicado em Quando emagreci 40 kg. Bookmark o link permanente.

42 respostas para Quando eu emagreci 40 kg… PARTE II

  1. edu disse:

    hoje não vou deixar um comentário vou deixar uma música.

    beijos Ana.até

  2. Van disse:

    Ei Ana!

    Tenho certeza que vc irá ajudar muita gente com seu depoimento
    De antemão desejo aos que se aventurarem a se descobrirem de uma nova forma, como vc se descobriu, muito sucesso!

    A vida é bela, vale todo esforço para se vive-la em plenitude!

    Te ler é um enorme e profundo prazer
    Beijos Ana!

    • anadoug disse:

      Van!!

      Espero mesmo poder ajudar a abrir janelas e quem sabe até portas…

      Obrigada pelo carinho de sempre!

      Beijos!

    • marcia disse:

      Recomeço minha história e essa luta hoje… ela, Ana, é um exemplo que merece ser seguido!
      encontrei hoje esse blog e estou encantada…

  3. Anita disse:

    Ana Mineira:

    Estou amando te ler, nem imaginava o processo de borboleta que atravesaste. E olha que ficastes uma muito bonita!
    Teus textos se aplicam aos que desejem mudar alguma coisa da “zona gris” que há em cada um de nós. Como te disse lá no RH, hoje, muita “merde” nesta tua empreitada.
    Tua escrita leve e cativante é recheada de vida, por isso, mexe com nossa sensibilidade.

    Parabéns, e prometo te ler sempre desde a minha capinada moita!

  4. Lindinha disse:

    Belo depoimento..

    meus parabéns!

    Vc escreve muitíssimo bem, te ler é um enorme prazer!

    Beijos.

  5. Feliz³ disse:

    Ana Paula,minha mineira queriiida!!!

    rs… como o Edu,sempre te achei ‘brava’(agridoce.rs)… mas diferente do Edu,eu sentia muita vontade de me aproximar…
    na verdade, ‘qdo te lia’,Mineira,a sensação era de reconhecimento,como se fossemos velhas conhecidas… amigas!
    Não sabia pq,mas tua ‘voz’ me soava familiar,amigável!Sentia por ti, mesmo sem conhecer,admiração,que por sinal se faz,cada dia mais,crescente!

    Não sei pq,mas em alguns momentos da vida,nós mesmas nos castigamos… nos colocamos de castigo…
    e muitas vezes nos deixamos ali na “zona de conforto”(ainda que de conforto, essa zona nada tenha…) a margem e mercê dos acontecimentos… vivemos o dia… a hr.. conforme ela se apresenta,não lutamos…
    ao contrário,nos entregamos!…
    Alguns se adequam… e confesso,estes não me dizem nada,além da palavra que dizem…
    Mas você não… vc ,do limão fez a limonada!Da “quase morte do corpo,tu deu vida a alma… e renasceu!”Das entrelinhas do emocional,vc deu texto ao corpo… e poetizou tua vida!
    E é bom demais poder brindar contigo,esta vitória!
    Saber da tua força,tua garra… te saber vitoriosa na luta contigo mesma,é extremamente motivador!!!
    Obrigada,querida,por dividir conosco!Obrigada por nos “provar”,que é possivel!
    Que só depende de nós…. perder peso,e ganhar leveza!Seja no corpo,na alma ou na mente!!!

    Ahh,mais do que favores… vc,com sua doçura e força,é capaz de conseguir tudo!!!

    Um abraço forte e terno.E meu desejo de que este espaço,lhe traga momentos felizes!
    e que sua estima esteja sempre em crescimento e propiciando crescimento aos que te cercam!

    Sucesso!!!

    p.Desconte os errinhos,ok querida?Tendinite dificultando,deveras,a digitação…

    • anadoug disse:

      Minha querida Feliz!

      Também sinto uma enorme identificação com essa sua doçura iluminada, que não cansa nunca…
      Encontrar coisas assim me mostram q realmente Pessoa tinha razão: se a alma não é pequena vale a pena sim, tudo!!
      Espero sua companhia sempre por aqui me acompanhando e me abençoando.
      Um beijo enorme!!

  6. Thaís disse:

    Ana…

    São poucas as pessoas que me surpreendem,quem sabe por eu viver desde sempre com as mesmas pessoas,mas vc me surpreendeu muito!…
    Que venham outras Anas,que se redescubram ,que voem alto…

    mil vezes…parabéns!!!!!

    BeijoK@.

    • anadoug disse:

      Thatá,

      Adoro surpreender e ter surpresas…
      E saiba que vc tb me surpreendeu!
      Sua meninice tão sábia me encanta!!
      Obrigada e beijo enorme!

  7. Labelle® disse:

    Oi Ana,
    sua amiga Ju me recomendou o blog, e fiquei muito curiosa. Parabéns pelo sucesso! Quero saber mais e mais e mais! [a foto deste post está lindaaa!]

  8. GuGa disse:

    sem palavras aBêlinha …lindo lindo lindo…
    e como voce me parece mais linda ainda…
    montidubeijus

  9. martinhabh disse:

    Nem tenho o que dizer mais, vou ler todo dia e seguir seu exemplo

    beijos

  10. martinhabh disse:

    uns 30% dos 40 pode? rsrsrs

  11. its disse:

    ana, vc tá muito linda!

  12. Giselda disse:

    ola, to adorandooooo seu blog, seu depoimento, heheheheh

    daqui a uns poucos quilos (amem, hehehe), venho falar a mesma coisa aqui, hehehhehe

    mas so adiantando a volta da minha auto-estima veio daqui, da net ….

    ta certo que um certo passarinho verde foi um incentivo a mais!!!! hehehhehehehe

    beiGinhos

    PS : pq a gente coloca acento e ele nao aparece???? que coisa de doido, heheheheh

  13. Giselda disse:

    eitaaa, escrevi, escrevi e nada do meu comentario aparecer, hehehheh

    tem moderaçao??????

    fazendo um teste, heheheheh

    bginsss

  14. Giselda disse:

    pronto, agora entendi, tenho que sair e entrar de novo!!!!

    mas os acentos nao aparecem mesmo, eitaaaaa

  15. Betinha disse:

    Abelhinha,

    o céu é o limite. Esse amor é lindo.
    Adorando ler sua descoberta de ‘você mesma’.
    Dói, né?!
    Mas é tão gratificante.
    Parabéns!

    Beijinhos.

  16. Ju. disse:

    oi amiga!
    Tô aqui lendo cada letrinha do seu blog, revivendo a história que acompanhei sempre pertinho com você dentro do meu coração.

    Milhoes de beijos!

    PS: a foto ta linda!!!! resrsrsrsrs (modestia a parte, a fotografa é nota 10)

  17. Bete disse:

    Querida Ana! Que deliciosa sensação que é ler você!!! Como me sinto feliz por te conhecer antes e acompanhar essa linda transformação. Você é uma mulher especial e acho que agora, realmente, encontrou o seu caminho: através da escrita… Vá em frente, pois tenho a certeza que muitas de nós nos beneficiaremos dela. Vou estar sempre aqui aguardando, ansiosamente, cada novo texto! Mil beijos e muito, muito sucesso!

  18. Wandréa disse:

    Olá,
    vi seu blog no twitter. Achei vc linda! Parabéns. Estou fazendo uma técnica chamada EFT para emagrecer que é parecida com o que vc fez. Só que trabalha a ansiedade e outras emoções negativas que fazem com que a gente coma. Se quiser dar uma olhada, é so visitar meu blog.
    abraços
    Wandréa

  19. Helena disse:

    Acabei de descobrir teu blog por um RT do @corpoemfoco. Preciso muito emagrecer e levantar minha auto estima e fiquei bem empolgada com sua história. Vou acompanhar seus posts pra buscar inspiração e quem sabe fazer uma história assim como a sua. =) Muito obrigada por compartilhar, é super importante. Fica mais fácil seguir adiante quando a gente sabe que não é impossível chegar lá. =)

  20. edu disse:

    Sonhar um sonho impossível… Lutar, onde é fácil ceder….Vencer , o inimigo invencível…Negar quando a regra é vender… Romper a incabível prisão… Voar, no limite improvável…. Tocar o inacessível chão! Ë minha lei, é minha questão. Guiar este mundo, cravar este chão.

  21. Bizzy disse:

    É fácil encontrar amigos para compartilhar doces momentos
    outros é difícil deixar que eles também vejam o lado monstruoso…
    Seja em qual lado se encontre neste momento, saiba que uma amizade
    mesmo que seja virtual, nunca deva ser descartada por que…
    Sofremos ao longo do tempo por tormentas mentais, e, nem sempre é possível
    ter a presença física dos seus amigos, por isso eu cultivo os meus amigos virtuais…
    Não que um dia eu não venha vê-los, quero sim muito conhecê-los, trocar idéias olho-no-olho, dar um aperto de mão…
    Se eu pudesse agora vê-la neste exacto momento eu diria “ESTEJA SEMPRE PRONTA PARA O COMBATE, VAMOS AO FRONTE?” e lhe daria um sincero abraço…
    Beijos e cuide-se

  22. Ana Marcia Flausino disse:

    Ana,
    Só de ler a sente que você está realmente MUITO BEM CONSIGO MESMA.
    Que coisa boa. É assim….a felicidade de fato não tem preço e vale a pena vivermos correndo atrás dela.
    Abraços e que Deus continue te abençoando. Não esqueçamos jamais Dele.
    Ana

  23. Katia Maeli disse:

    Nossa fiquei de queixo caido…rsrs…
    Vc é um exemplo q para ser feliz, é só dar um basta!!
    Parabéns!!!
    vc está simplesmente linda!!
    Bjus!!!

  24. rubia dagostim disse:

    OI AMEI A LEITURA DO SEU ESTIMULO DE MUDANÇA PARA EMAGRECER EU CRIEI CORAGEM NESSA SEMANA DE EMAGRECER COM SAUDE E COM A VERDADE DE MEUS 99 KL COM META DE ELIMINAR 20 KL NESTE ANO.

  25. Renan disse:

    Parabens , ler seu texto me deu uma força tão grande …
    abraços!

  26. Leila disse:

    Achei lindissima a foto,tem um “quê” de liberdade e felicidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s