Quando eu emagreci 40 kg… PARTE IV

Comecei desse jeito…

Havia um bom motivo pra eu sempre ter preferido a bicicleta… era uma péssima caminhadora. Aquela pista estava ali, do lado da minha casa, desde minha adolescência e quando eu cismava de andar era um fiasco: todos os velhinhos e velhinhas presentes eram mais rápidos do que eu. Aí eu desistia… E de repente chego lá para correr! Como é que era correr? Como é que se começava? Bom… como não sabia fui andar.

Na minha consulta seguinte anunciei pro médico toda feliz. Ele me olhou meio descrente e foi direto como sempre: “Está caminhando rápido? Suando? Acelerando a respiração? Não está passeando não, né? Senão é melhor ir ao shopping!” Eu fiquei pensando naquilo… Estava passeando? Será que estava perdendo meu tempo? Ele percebeu que estava confusa (maldita transparência!) e acrescentou: “Você devia experimentar correr… bem aos pouquinhos… Só o que você aguentar. Vai ver que o resultado é muito melhor.”

Tá bom, tá bom!! Abril tinha chegado, já era hora. A pista é demarcada, resolvi correr 100m, caminhar 300 m e correr mais 100 m. Durante uma hora. Devo confessar que era horrível… Sabia que estava bem fisicamente, pois estava consultando um médico, mas a sensação era de morte iminente. Sabe o velho “botar os bofes pra fora”? Era isso. Além de tudo, por causa dos problemas respiratórios, que incluíam até um pouco de asma, a capacidade pulmonar era bem reduzida. Minha última espirometria tinha sido um desastre, irritando até a fisioterapeuta que conduzia o exame. Aquelas marquinhas no chão nunca me pareceram tão distantes umas das outras…

Umas 3 semanas depois resolvi correr 200 m e andar 300 m. Puxa vida! Era uma tortura! Dava pra ouvir meus pulmões gritando: “Pra mim chega! Para com isso!” Mas a teimosia era maior e tinha recompensas: Até então estava indo ao médico todo mês, só me pesava lá e infalivelmente perdia em média 5 kg. Então me sentia muito bem! Estava me superando consistentemente e emagrecendo ao mesmo tempo. Uma sensação maravilhosa. Tão boa que passei a correr 300 m e andar 300. Depois andava só 200 m. Mais um tempinho corria 400 m e andava 100 m.

Essa virou minha rotina de todos os dias. E “todos os dias” no caso não é força de expressão. Não tinha sábado, nem domingo, nem Sexta-feira da Paixão, nem festa, nem sono, nem calor, nem frio e nem chuva. Eu arrumava um jeito. Sei que não é assim. Não é o que os especialistas recomendam. Mas era o que eu precisava na época. Mostrar pra mim que eu podia. Ficava atenta aos sinais do meu corpo porque morria de medo de ter uma lesão e ser obrigada a parar. Mas eu estava bem, o médico confirmava isso e as articulações não reclamavam então segui em frente.

Todos me diziam da febre que tomaria conta. Diziam que eu ia querer correr cada vez mais e participar de provas e antes que eu percebesse me tornaria uma maratonista. Hummm… Em 19 de julho participei da minha primeira corrida (e única até hoje), fiz a etapa de inverno do Circuito das Estações Adidas 2009. Não consegui correr todo o percurso, que era só de 5 km, mas foi legal. Parecia um festival, um show de rock. Bastante divertido, mas acho que minha competitividade é muito baixa para as provas, elas não mexem comigo. Mais importante foi que nesse mesmo mês viajei para a praia e levei tênis, shorts e tops. Calculei no calçadão mais ou menos a mesma distância que eu fazia em casa e pela primeira vez fiz tudo correndo. Cerca de 5 km. De tardinha, bem pertinho do mar, fiz isso durante 10 dias… Foi tudo de bom. Voltei pra casa com a sensação de missão cumprida. Como se alguém tivesse me soltado de uma gaiola. Aquela menina pacata, que nunca jogou coisa nenhuma, podia correr sim, se quisesse. E ela queria.

“A gente em movimento: amor

A gente que enfrenta o mal

Quando a gente fica em frente ao mar

A gente se sente melhor…”

Anúncios
Esse post foi publicado em Quando emagreci 40 kg. Bookmark o link permanente.

33 respostas para Quando eu emagreci 40 kg… PARTE IV

  1. Janaína disse:

    Parabéns, Ana! Acabei de conhecer seu espaço via Twitter. Estarei aqui mais vezes!!!
    Beijos!

    • anadoug disse:

      Obrigada, Janaína!

      Tb fui conhecer seu blog e achei ótimo, muito informativo!
      Adicionei nos links do Alta Estima.
      Seja sempre bem vinda!

      Beijos!

  2. Parabéns pela sua conquista e acima de tudo pela sua FORÇA DE VONTADE.

    Tb estou estou nessa luta, maais estou precisando de mais um “gás”. E saber da sua história o meu animo aumenta.

    Continue firme!

    beijos

  3. Martinha disse:

    Bom dia!!!

    Olha vizinha, estou louca para vc pular essa parte de correr, quem sabe eu não me animo rsrsrs

    beijos

  4. jaqueline giarola disse:

    O mais lindo nao é a mudanca por fora, é a mudanca por dentro. Esta que acaba brilhando nos olhos da gente. Esta mudanca que tantos temem e querem que os contagiem. Esta possiblidade de voar, aceita e desfrutada. Quantas vezes pensamos em nao voar por nao cair e vemos a s coisas por baixo, com a visao de quem enterrou sua cabeca no medo? Os que voam podem cair, mas podem voar novamente e ver lá de cima um horizonte muito mais completo. Parabéns, minha amiga, por resgatar a mulher e pessoa que voce é.

    • anadoug disse:

      Obrigada, amiga!

      Por seu carinho, por suas palvras…
      Tem sido, sim, uma viagem incrível e entre um voo e outro sempre me lembro de você…
      Um beijo enorme!
      Saudades…

  5. Anita disse:

    Uau!
    Contado assim parece tão simples… Da poltrona à caminhada, da caminhada, à corrida…
    e agora, levantando voo!
    Prazer te ler, xará!

    • anadoug disse:

      (Uai… Meu comentário desapareceu… Vou repetir…)

      Anita,

      Na verdade simples foi sim.
      Em momento nenhum resolvi fazer nada complicado.
      Dizer que foi fácil também seria exagero, não foi.
      Mas posso dizer tranquilamente: não foi sofrido.
      Estava focada ainda que a vida estivesse caótica ao meu redor.
      Obrigada pelas visitas e pelos comentários, viu?

  6. Cláudia disse:

    Tomei conhecimento do seu blog na moita de alguns echos da net e adorei!!!
    Estou tomando coragem para fazer o mesmo.
    Parabéns e continue nos dando essa força.
    Bjs

  7. Labelle® disse:

    Oi Ana, eu fico surpresa de você com todo aquele peso ter sido liberada para correr. Os médicos nunca orientam isso…. Falam para começarmos nadando, caminhando, ou até mesmo para andarmos de bicicleta, mas correr?? Nunca… [pelo menos todos os que conheço]. Seus joelhos, seus pés, seu quadril, nada ficou capenga? Te pergunto isso não por deixar de acreditar na sua estória de vida, mas sim porque a recomendação médica para quem está muito acima do peso é completamente o inverso… Como aqui é um espaço para trocarmos experiências, me sinto à vontade para te questionar. E dieta? Você fez algum tipo de reeducação alimentar paralela à corrida?

    • anadoug disse:

      Oi, Labelle
      Foi bom você perguntar isso pra eu esclarecer alguns pontos: esse médico é meu alergista. Ele não me “liberou” para correr como médico, até porque ele não é um especialista e eu não pedi liberação. Sou sua paciente de alergologia e como ele me acompanha podia atestar q do ponto de vista cárdiovascular eu estava bem: Não tinha hipertensão, nenhum grave problema cardíaco e nem (aí sim, área dele) nenhum problema pulmonar sério o suficiente para me impedir de praticar atividade física. Ele me falou da experiência dele, que, claro, realizou tendo em vista seus conhecimentos, mas não como uma proposta de conduta terapêutica. Assim como não acho que o que passei tenha valor de receita, foi uma decisão absolutamente individual, que não contou com orientação profissional. Estou simplesmente respondendo à pergunta que me fazem o tempo todo: o que eu fiz. E tudo que fiz foi por minha conta e risco.
      Sei que a corrida é um esporte que exige muito do corpo por isso disse que fiquei atenta o tempo todo. Não estou dizendo que todos devem pratica-la. Alguns têm impedimentos sérios como eu tenho à natação, por exemplo, o cloro de semana em semana desencadeia em mim uma crise de sinusite. E sim, meus joelhos, pés, quadris, estão ótimos, até porque sempre fui cautelosa com eles.
      Toda a reeducação alimentar que fiz foi a que mencionei aqui. O que de mais importante aconteceu comigo foi que finalmente parei de usar a comida como válvula de escape e isso me deu a chance de controlar a quantidade do que como. Comer com qualidade e por fome, nada mais.
      O que quero mostrar aqui é o nível de decisão que precisamos ter, não o esporte em si. A corrida funcionou pra mim e tenho visto funcionar para muita gente, apesar de todos dos mitos que a envolvem. Mas acredito que com determinação outras atividades aeróbicas também trariam resultado.

  8. Verônica Louback de Almeida disse:

    Ei Ana Paula,

    Só posso dizer uma coisa. Você está LINDAAAAAAAAA!!!!!!!!!
    Mais linda e mais jovem do que quando nos conhecemos.
    Meus Parabéns e um desses vamos correr juntas!!!
    Vou indicar seu blog para uma amiga que precisa ler sua estória.
    E eu estou aguardando a próxima parte!!!
    Beijos e muito sucesso!

    • anadoug disse:

      Oi, Vê!!!

      Que bom te ver aqui!
      Obrigada pelos elogios e vamos correr, sim…
      Andradas nos aguarda, graças a Deus ela não sai do lugar (olhei pela janela pra conferir…)
      Tomara que sua amiga possa se animar, obrigada por indicar…
      Beijo!!!

  9. edu disse:

    oi ana,como é bom poder ler você,aqui é uma aula de determinação,de força de vontade,isso foi determinante pra você e acredito que quem possa ler se sinta capaz de fazer o mesmo procurando orientação médica que é fundamental,mas aqui você só expõe sua força de vontade em querer mudar,pra quem quer começar uma mudança,procure recomendações médicas pra prática de atividades físicas e recomendações a ana pra força de vontade,determinação em querer mudar

    beijos ana

  10. Aline Leal disse:

    Flor, q legal! eu sou magra mas sou suuper sedentaria! E agora na gravidez a circulacao das pernas estao terriveis, medica ja falou q tinha q caminhar… Mas aiiiii… dificil! ehehe Texto divertidissimo, amei! Beijao!

  11. Feliz³ disse:

    Ahahaaaa… entre correr e caminhar no shopping.confesso,prefiro as vitirines!!!…(aiai sta futilidade…rs((rindo de vergonha!!..)) rs…)
    Lindona,qdo a corrida é pra vida melhorar… caminhar se faz lento,né?
    E você,uma mulher sábia e de percepção voraz,não iria se permitir passinho atrás de passinho,qdo a vida pedia um esforço maior…

    Sempre um alento, te ler!!!

    beijão.

    • anadoug disse:

      Não é só vc não, amiga… Estão construindo um shopping bem do outro lado da rua…
      Quando estou correndo chego a imaginar aquele ambiente fresquinho,
      corredores iluminados, ar condicionado, vitrines…
      mas…
      Fazer o quê, né??

      Beijo, querida!

  12. Clarice disse:

    Amiga!!!!!!!
    Saudade de caminhar com vc , tomar aguá de coco, e eventualmente correr (isto, somente em casos extremos quando uma motivação a mais aparecia).
    Nossas conversar foram terapêuticas e quantos não pagariam pra ouvir o que a gente dizia do início ao fim?????
    hahaha!!!!

    • anadoug disse:

      também, amiga!!!!!!!!!!!
      Lembro sempre das nossas conversas
      e de vez em quando bebo água de coco em sua homenagem!!!
      Nunca foi tão divertido!!

      Beijo!

  13. Lorenza disse:

    Olá, Ana! Não sei se vc se lembra de mim… Te conheci na casa da Sandra Lima, trabalhei com Mary Kay. Parabéns pela sua vitória, fiquei emocionada e muito feliz! Vc está LINDA, MARAVILHOSA! Seu bolg é muuuuuuuito legal. Adicionei aos meus favoritos. Vc é um exemplo a ser seguido. Estou grávida de novo, do meu terceiro filho. Em todas as minhas gestações ganhei muito peso, desta vez quero e vou fazer diferente! Você será meu estímulo. Que Deus abençoe sua vida! Tudo de bom! Um forte abraço.

    • anadoug disse:

      Lorenza, claro que me lembro de vc!!
      Obrigada pelo carinho, obrigada pelas palavras!
      Sei que vc é feliz então que Deus continue cobrindo vcs de bênçãos.
      O blog estará aqui pra te ajudar.
      E conte comigo se precisar, ok?
      Beijo!

  14. Van disse:

    Ana querida

    Hoje não vou falar da maravilha que é a sua linguagem escrita, não vou falar da admiração que sinto por vc, não vou falar da sua generosidade em dividir sua vivência, sua vida, motivando outras pessoas a realizarem seus projetos pessoais.
    Isto seria redundância.

    Vou falar ou melhor, mostrar o que acho que mais combina com seu blog…. Beleza!

    http://multimagens.blogspot.com/2010/06/blog-post.html

    Nosso amigo .pontinho, mestre da beleza e perfeição, combina com seu blog, combina com vc.

    Dêem uma olhada no multimagens.blogspot. com , vale a pena.

    Beijos!

  15. Elizabeth disse:

    Adorei seu blog, muita coragem e força de vontade!!!
    Já fiz muita caminhada mas, corrida, nunca!
    O problema são meus joelhos, hummmm, que tristeza!
    Faço hidroginástica mas ando tão preguiçosa para isso. Será o frio?
    Será outro motivo? Socorro!!!
    Beijos.

    • anadoug disse:

      Beth!!

      Que bom te ver aqui!!!
      É… principalmente por causa de joelho muita gente não pode correr.
      Mas como já disse aqui qualquer atividade aeróbica praticada com persistência pode dar conta do recado!
      Força pra você!
      Beijo!

  16. Danielle Guerra disse:

    Ei Ana ta joia???
    Nao sei se vc vai se lembrar de mim… te conheci nos guest da Sandra Lima, estou lendo seu blog e estou amando…
    Sua historia esta me inspirando muito a me ‘soltar da gaiola’… melhorar minha qualidade de vida, sabe?! tb moro perto da andradas, mas nao tenho animo para ir sozinha caminhar e acho q tenho um pouco de medo de ter um piripaque la, rsrs… pq sou sedentaria… entao me diga +/- o horario q vc esta la q vou tentar seguir seu exemplo…
    Voce esta linda!!!
    Bjs

    • anadoug disse:

      Oi, Dani!

      Lembro de você sim!
      Obrigada pelos elogios, querida!
      Vou te mandar um email com as respostas, OK?
      Vai que tem um serial killer acompanhando o blog, né??
      Nunca se sabe…
      Beijo!

  17. ola eu adorei seu blog muito bom.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s